Pesquisa
25/09/2015, 16:31

Qualidade percebida da banda larga avança em 2014; da telefonia móvel cai

A qualidade percebida pelo usuário da banda larga fixa avançou em 2014, mas na telefonia móvel houve queda. É o que mostram os resultados de pesquisas divulgadas nesta sexta-feira, 25, pela Anatel. Os levantamentos foram realizados por meio de entrevistas telefônicas pela empresa TNS Brasil, contratada pelas operadoras, seguindo as disposições dos Regulamentos Gerais de Qualidade dos serviços.

Na banda larga fixa, a operadora Cabo Telecom recebeu a nota de 4,09, numa pontuação de 1 a 5, melhorando o desempenho alcançado no ano anterior, com nota de 3,96. A TIM ficou em segundo lugar, com nota 3,95, junto com a Sercomtel, que somou 3,87 pontos. A GVT, em terceiro, melhorou sua pontuação em relação ao ano anterior subindo de 3,59 para 3,71.

Na quarta colocação ficaram as operadoras Net com nota de 3,43, pontuação menor do que obteve em 2013, de 3,47; Algar, que praticamente manteve a nota do ano anterior, com 3,39; e a Embratel que variou ligeiramente para cima, atingindo 3,40 pontos. Em quinto lugar estão a Vivo, que apresentou alta em relação ao ano anterior e chegou a 3,19 pontos, e a Oi, que teve a qualidade percebida reduzida para 2,98 pontos.

A menor nota dada pelos usuários foi para a orientação dada pelas operadoras, com média de 3,14. A qualidade da conexão também recebeu nota média baixa, de 3,28.

Na telefonia móvel pré-paga, apenas a Sercomtel manteve a nota do ano anterior, de 3,91. As demais perderam pontos em 2014. A Algar caiu de 3,81 para 3,70; a Claro desceu de 3,53 para 3,48; a Vivo, de 3,68 para 3,44; a Oi, de 3,46 para 3,35; e a TIM, que recuou de 3,35 para 3,31.

No serviço móvel pós-pago, a Sercomtel, na primeira colocação, e a Algar, na segunda, praticamente mantiveram as mesmas notas em 2013 e 2014: 4,32 e 3,44, respectivamente. A Nextel, que começou a ser avaliada em 2014, obteve também a segunda colocação, com 3,33 pontos. A Vivo ficou em terceiro, após sua nota cair de 3,51 para 3,30.

A Claro também teve reduzida a percepção de qualidade pelo usuário, com a nota caindo de 3,32 para 3,25 entre 2013 e 2014. A Oi também perdeu pontos, recuando de 3,09 para 3,02. A TIM melhorou sua pontuação, de 2,88 para 2,96, porém continua na última colocação.

No serviço pré-pago, as menores notas foram dadas à qualidade das ligações e à competência do atendente. No pós-pago, tiveram menos pontuação a qualidade das ligações e a orientação do usuário.

Base

Para os levantamentos foram ouvidos, por telefone, 85,4 mil usuários da telefonia móvel e 46,9 mil assinantes da banda larga fixa, entre abril e junho, julho a setembro e setembro a dezembro de 2014. A Anatel foi responsável tanto por definir os questionários aplicados nas coletas como por enviar, à empresa de pesquisa, as amostras que seriam pesquisadas.

As amostras foram selecionadas pela agência de forma aleatória, a partir da base de assinantes encaminhada pelas prestadoras, e levaram em consideração: prestadora, UF do consumidor e modalidade da oferta do serviço (pré ou pós-pago, no caso do SMP, e velocidade acima ou abaixo de 2 Mbps, no caso do SCM).

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top