Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) Abratel decide apoiar o desligamento da TV analógica em Brasília

Abratel decide apoiar o desligamento da TV analógica em Brasília

(Atualizada às 23:30) A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) declarou nesta terça, 25, em comunicado, o apoio à manutenção da data de desligamento do sinal de TV analógica em Brasília, marcado originalmente para a quarta-feira, 26. Na visão da entidade, os esforços das partes envolvidas, incluindo operadoras, radiodifusores, Anatel e o MCTIC, “surtiram um efeito satisfatório”. A Abratel alega que decidiu apoiar o desligamento, embora a pesquisa do Ibope apresentada ao Gired não tenha mostrado o percentual mínimo de 93% dos domicílios aptos a receber o sinal digital. Até então, os radiodifusores eram reticentes em relação ao desligamento com um percentual menor do que 90%.

Embora não apresente como justificativa para a mudança de posição, a associação considera que os critérios e metodologias da pesquisa “precisam ser aprimorados”. Segundo a Abratel, já foram apresentadas sugestões, “as quais espera que sejam logo colocadas em discussão e incorporadas”.

Conforme antecipado por este noticiário, o critério pedido pela a radiodifusão, que não considera os mesmos índices de digitalização entre os domicílios com telas finas, será considerado. E por este critério, com base na pesquisa de campo do Ibope, o percentual de domicílios aptos para a TV digital no Distrito Federal é de 87% na projeção para a data do desligamento. Apesar da posição da Abratel, o Gired optou por manter os sinais no ar pelo menos até dia 17 de novembro, quando serão analisados novos dados das pesquisas. Até lá o desligamento será voluntário. A Abratel não informou ainda se suas emissoras associadas irão optar por interromper o sinal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile