AUDIÊNCIA
27/01/2021, 20:44

Lifetime, History, A&E e History 2 batem recordes de performance em 2020

No Brasil, o grupo A+E Networks cresceu em TV, como um todo, 17% em 2020 versus 2019 no target Pessoas 25+, de acordo com dados da Kantar Ibope Media. Os canais do grupo atingiram um feito histórico, crescendo em performance em todas as principais métricas de televisão medidas pelo Ibope: maior audiência, mais pessoas alcançadas e aumento de tempo médio assistido. 

Em audiência, o Lifetime cresceu +82%, History +23%, A&E +9% e History 2 +12%. Nas redes sociais, as marcas A+E lideraram seus segmentos: a página do Facebook do History, com mais de seis milhões de fãs no Brasil e 20 milhões nos outros países da América Latina; e 2,3 milhões de seguidores no Youtube Brasil e mais de três milhões na América Latina. Em Streaming/Vídeo On Demand, o grupo se solidifica com conteúdos como "O Píer" – Temporada 2 no Lifetime, "Desafio Sob Fogo Brasil" – Temporada 3 no History e "Cold Case" no A&E.

"Esses resultados refletem todo um trabalho estratégico de programação e comunicação, iniciado no final de 2019, totalmente focado nas nossas audiências, suas preferências e necessidades por um bom entretenimento. Isso se comprova também pelo crescimento de nossas redes sociais. As quatro marcas estão oferecendo entretenimento de qualidade e agradando em cheio, principalmente, neste momento em que todos estão em casa", afirma, por meio de nota, Raul Costa Jr., Gerente Geral do grupo A+E Networks Brasil.

Destaques dos canais 

Após praticamente dobrar sua distribuição domiciliar em 2019, em 2020 o Lifetime foi o canal feminino que mais cresceu, consolidando sua performance no Brasil: +100% de crescimento sua audiência, subindo +9 posições no ranking de canais de TV por Assinatura, dentre Mulheres 25+, chegando a saltar até +11 posições no target Mulheres 35-49. Os "Lifetime Movies", em sua maioria exclusivos, elevaram a performance do canal e, dentre as séries, o destaque foi "O Píer" – Temporada 2, com resultados muito acima da média do Prime Time, e que continua sendo o programa mais visto via Streaming/Vídeo On Demand.

O History alcançou seu melhor share de audiência dos últimos cinco anos, em 2020, no target Pessoas 18+, chegando a subir até 11 posições no ranking em alguns targets, no Prime Time. O canal também cresceu +23% de audiência, no target Pessoas 25+, e, dentre os canais factuais, foi o que mais cresceu em alcance de Pessoas com TV por Assinatura: +6%. "Desafio Sob Fogo Brasil" – Temporada 3, em seus programas inéditos, ficou na posição #5 de toda a TV por Assinatura, dentre Pessoas 35+ AB, e posição #7 dentre todas as Pessoas classe AB de todas as idades. O canal chega a ter mais de 950% mais ações em suas redes sociais que seus concorrentes diretos. Também foi o conteúdo mais assistido via Streaming/Video on Demand. "Inexplicável com William Shatner" foi o programa #4 de toda a TV Por Assinatura dentre os targets jovens Pessoas 18-24 anos e Homens 18+ AB. Isso aliado a conteúdos consagrados e com grande longevidade – alguns com mais de 20 temporadas -, como "Trato Feito", "Quem Dá Mais?", "Caçadores de Relíquias", "Alienígenas do Passado" e "O Sócio", fizeram de 2020 um ano que ficará na história do canal.

O A&E registrou crescimento em todas as principais métricas de performance, de acordo com dados da Kantar Ibope Media, sendo +9% em audiência e +8% de tempo médio assistido, dentre Pessoas 25+, e alcançando share de audiência mais alto dos últimos três anos, dentre Pessoas 18+. O canal chegou a saltar até sete posições em alguns targets no ranking de canais de TV por Assinatura. O destaque de audiência fica para "Cold Case", tanto em TV como em Streaming/Vídeo On Demand.

Por fim, o History 2 também subiu em todas suas métricas, atingindo sua melhor performance histórica em Pessoas 18+. Apresentou crescimento de +12% de audiência, subindo +2 posições no ranking de canais de TV por Assinatura, dentre Pessoas 25+. Entre os destaques, estão os documentários, como "Coréia do Norte: Segredos Escuros", "O Código de Deus" e "O Guia Definitivo da Máfia".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top