Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) Longa “Betânia” terá sua primeira sessão no Brasil no 47º Guarnicê Festival...

Longa “Betânia” terá sua primeira sessão no Brasil no 47º Guarnicê Festival de Cinema

(Foto: Divulgação)

Dirigido por Marcelo Botta, “Betânia” fará sua estreia nacional na noite de encerramento do 47º Guarnicê Festival de Cinema, que acontece entre 7 e 14 de junho em formato híbrido, com mostras presenciais em São Luís e programação online acessível em todo o Brasil. O filme foi inteiramente filmado no Maranhão, com elenco completamente local. É uma produção da Salvatore Filmes com produção associada da Ventre Estúdio e coprodução Canal Brasil.

O longa ainda foi selecionado para o 39º Festival Internacional de Cine em Guadalajara, que acontece entre 7 e 15 de junho. “Betânia” concorre ao troféu Mayahueltrophy, na categoria Socio-Environmental Award. O filme será exibido numa seção dedicada a ficções e documentários que exploram as complexas relações que transformam a natureza e estão associadas a processos de justiça, direitos humanos e urbanização.

A trama é dividida em duas épocas distintas, acompanhando a cheia e a seca dos Lençóis Maranhenses. Nascida num lugar também chamado Betânia, a parteira Betânia (Diana Mattos), de 65 anos, é uma mulher repleta de histórias e experiências. Com a morte de seu marido, suas filhas querem que ela deixe o lugar isolado e vá morar com elas na região das dunas dos Lençóis Maranhenses. Apesar da resistência, ela caba cedendo, e terá de recomeçar a vida num lugar que não conhece. 

A estreia mundial do filme foi no Festival de Berlim, em fevereiro passado, e desde então viajou por diversos países, como França e Noruega, sendo exibido no 36º Cinélatino, Rencontres de Toulouse – Cinémas d’Amérique Latine e no Festival du Cinéma Brésilien de Paris.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile