MERCADO
29/10/2020, 20:51

Watch Brasil completa dois anos e 150% de crescimento

A Watch Brasil, plataforma de vídeo sob demanda que tem em seu portfólio filmes e séries de grandes estúdios de Hollywood, está completando dois anos neste mês de outubro de 2020. A empresa cresceu de forma consistente e, neste ano, superou suas expectativas: o plano inicial era ter 150 ISPs no segundo ano e a agora já é registrado um crescimento de 150% a mais em clientes. Outro marco de sucesso são os novos estúdios de Hollywood que entraram em 2020 – a Universal Pictures e Warner Bros – que marcam uma nova etapa para a plataforma e para o mercado, uma vez que a Watch participou do primeiro lançamento direto em streaming com o "Scooby! O Filme", da Warner.


Maurício Almeida, cofundador da Watch Brasil

"Estamos em um novo momento do streaming e acreditamos que o consumidor não quer ter dez assinaturas de serviços diferentes. Ao contrário, ele deseja tudo em um mesmo lugar e pelo melhor preço possível, além dos melhores conteúdos de todo o mundo. E foi com esse conceito que criamos nossa plataforma, que é de fato muito mais do que uma serviço de assinatura de streaming. Temos no marketplace conteúdos com o Noggin da Viacom, que apostou desde o início conosco, além de muitas atrações da Universal, Warner Bros, Sony, MTV, Comedy Central, Paramount+, AwesomenessTV. Ainda temos a opção de ativação de locação de vídeos dos principais estúdios de Hollywood e logo devemos ter programas de TV aberta", declara Maurício Almeida, cofundador da Watch Brasil.

Os dois anos de Watch Brasil vêm com grandes resultados que mostram a trajetória crescente do projeto. A startup foi criada em outubro de 2018 a partir de um investimento de US$2,5 milhões da Olive Tree Participações. Formatada no modelo B2B2C, saiu de 30 clientes no lançamento para 240 provedores regionais de internet. Iniciou com 70 mil usuários finais como assinantes e já está em 400 mil usuários finais. Atualmente, cresce mensalmente 10% em número de provedores e possui mais de 4.500 horas de conteúdo.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top