Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) 21ª Goiânia Mostra Curtas divulga programação completa

21ª Goiânia Mostra Curtas divulga programação completa

A 21ª edição da Goiânia Mostra Curtas, festival dedicado ao cinema brasileiro no formato curta-metragem,acontece de 5 a 10 de julho, totalmente gratuito, de forma online para todo Brasil.

Com um total de 88 filmes, representando 18 estados brasileiros e o Distrito Federal, a programação apresenta uma homenagem à premiada atriz, roteirista e diretora carioca Karine Teles e as mostras competitivas Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Animação e Curta Mostra Goiás, além da 20ª Mostrinha, Curta Mostra Especial: Rasteiras Imaginárias, uma masterclass, debates e outras atividades formativas.    

Desde 2001, a Goiânia Mostra Curtas tem cumprido o objetivo de divulgar o cinema de curta-metragem e valorizar a diversidade social, política, étnica e cultural brasileira. Ao longo desse tempo, o festival vem contribuindo para a formação, capacitação e desenvolvimento da área, tanto no Centro-Oeste, como em todo o Brasil.

“Após 20 anos de existência, o desafio da GMC é existir de maneira ativa, criativa e financeiramente viável para dar continuidade ao trabalho que colabora para o fortalecimento da cadeia produtiva audiovisual, para a visibilidade das produções brasileiras, a formação de público, a qualificação de novos profissionais, bem como para a geração de negócios, emprego e renda”, diz Maria Abdalla, diretora geral e produtora da Goiânia Mostra Curtas.

Este ano, o corpo de curadores do festival foi formado pelo diretor, pesquisador e professor de audiovisual Rafael de Almeida (Curta Mostra Brasil); pelo programador, pesquisador e crítico de cinema Fábio Rodrigues Filho (Curta Mostra Goiás); pelo diretor e realizador especializado em animação Cesar Cabral (Curta Mostra Animação); pela escritora, documentarista e pesquisadora da infância Gabriela Romeu (20ª Mostrinha); e pela curadoras e programadoras de cinema Talita Arruda e Melina Bomfim (Curta Mostra Especial).

Homenagem 

A 21ª Goiânia Mostra Curtas presta homenagem à premiada atriz, roteirista e diretora carioca Karine Teles, consagrada em longas-metragens (“Benzinho”, “Bacurau”, “Que Horas Ela Volta?”), séries (“Os Últimos Dias de Gilda”) e telenovelas (“Pantanal”).

Ela recebe homenagem na cerimônia de abertura do evento, no dia 5, às 20h. Em seguida, às 20h30, ela participa de bate-papo com mediação da apresentadora e diretora Simone Zuccolotto. A transmissão é pelo canal do YouTube do festival. 

Um programa reunindo quatro filmes integra a homenagem e fica disponível a partir das 20h do mesmo dia pela plataforma InnSaei.tv. Entre eles, está “Otimismo”, animação dirigida por Karine Teles em 2015. “Romance” (2021), outro curta por ela dirigido, integra a seção Curta Mostra Brasil e conta no elenco com Gilda Nomacce e Enrique Diaz. 

Abertura 

A cerimônia de abertura da 21ª Goiânia Mostra Curtas será na terça-feira, dia 5 de julho, às 20h, com a transmissão pelo canal do YouTube do festival. Ela é seguida, às 21h30, por umpocket show da banda Francisco, El Hombre, em performance acústica. O quinteto produz canções que misturam elementos do Brasil e do México, além de outros países da América Latina.

Curta Mostra Brasil 

Um total de 40 títulos recentes, produzidos em 13 estados e no Distrito Federal, compõem a Curta Mostra Brasil em 2022. Com disponibilização a partir das 19h do dia 6, a seção é organizada em quatro programas: “Reconhecer” (com nove títulos), “Resistir” (dez), “Fabular” (dez) e “Amar” (11).

Curta Mostra Especial 

Em 2022, a tradicional Curta Mostra Especial tem como tema “Rasteiras Imaginárias”. Dividida em dois programas, são exibidos 13 filmes produzidos entre 2009 e 2022 em sete diferentes estados brasileiros: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. O conjunto traz atmosferas distintas, dimensões técnicas, afetivas, éticas e estéticas entre casa e rua, sonho e memória. O primeiro programa da Curta Mostra Especial, denominado “Incensar o Mundo”, parte de um desejo nutrido entre fabulações, encontros e deboche, chegando a outros choques que revestem o imaginário em experiências, territórios e subjetividades. Já o segundo programa, “(no) sampler dos gestos íntimos”, traz uma intimidade, ora supressão na história, ora rasura e minúcia como linguagem do corpo negro. 

“Drible, poesia e movimento” é o tema do debate da Curta Mostra Especial, que acontece no dia 9, sábado, às 17h, pelo canal do YouTube do festival. O encontro, mediado pelas curadoras Talita Arruda e Melina Bomfim, tem como convidados Heraldo de Deus, ator, roteirista e diretor; Kalor Pacheco, curadora, jornalista cultural, artista visual, roteirista e realizadora audiovisual; e Victor Hugo Leite (Vhfro), ator, produtor cultural e professor de arte. A conversa será norteada pelas memórias ativadas pelos filmes, temáticas, sonoridades e atravessamentos das possíveis “Rasteiras Imaginárias”, abordando questões como dúvidas, riscos e inseguranças que trazem os cinemas negros contemporâneos; quando vulnerabilidades de criança são substituídas pelas da vida adulta; e como fugir das romantizações e atentar ao rapto das imaginações. 

Curta Mostra Goiás 

A Curta Mostra Goiás reúne 12 títulos produzidos no estado no período 2020-2022. Os filmes estão organizados em três programas: “Ouvir o Que Se Vê”, “Poesia das Manobras” e “Experimentar Encontros” e ficam disponíveis a partir das 19h do dia 6. 

20ª Mostrinha 

Com foco no público infantil, a 20ª Mostrinha tem por título “Como Nossos Avós”. Estão programados cinco produções com classificação indicativa livre, disponíveis a partir das 10h do dia 6. No programa estão “Ibeji Ibeji” (RJ), “Acontecido É, Acredita Quem Quiser” (MG),  “Rua Dinorá” (CE), “Nem Todas As Manhãs São Iguais” (PB) e “Todos os Inscritos de Ness” (PR).

Curta Mostra Animação 

A Curta Mostra Animação exibe 14 títulos, divididos em dois programas, disponíveis a partir das 19h do dia 6. Estão representados nove estados: Acre, Amazonas, Ceará, Nato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Outras atividades 

A mostra promove o debate “A Preservação Audiovisual no Centro-Oeste: realizações e desafios” no dia 8, sexta, às 19h, com transmissão pelo canal do YouTube do festival com Kadidja Oliveira, arquivista do Distrito Federal; Marinete Pinheiro, do Museu de Imagem e Som de Mato Grosso do Sul; e Tânia Mendonça, do Museu de Imagem e Som de Goiás, e mediação da pesquisadora e preservacionista audiovisual Lila Foster.

As atividades paralelas contam ainda com um Laboratório de Roteiros Audiovisuais, uma Masterclass e uma Oficina Design de Audiência.

Premiação 

Em cerimônia agendada para o dia 10, domingo, às 19h, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do evento, serão anunciados os vencedores da 21ª Goiânia Mostra Curtas.

O júri formado por Daniel Nolasco (diretor e roteirista), Flávia Cândida (curadora, cineasta e produtora) e Lidiana Reis (produtora e roteirista) é responsável por apontar os contemplados da Curta Mostra Brasil, nas categorias melhor filme, melhor direção e prêmio especial do júri. Na mesma competição também é ofertado o Prêmio Aquisição Sesc TV.

Já nas competições Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação, os jurados são a cineasta Cintia Domit Bittar, o curador e crítico de cinema Fillipo Pitanga e o cineasta, videoartista e curador Lorran Dias. Os filmes destas competições concorrem ao Troféu Icuman nas categorias de melhor filme, melhor direção e prêmio especial do júri. Os premiados recebem o troféu Icumam.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile