Tecnologia
30/08/2016, 23:15

Na ponta da produção, 4K já é realidade no Brasil

O 4K está ganhando escala no Brasil na ponta da produção. Segundo Luis Fernando Fabichak, general manager da linha profissional da Sony Brasil, há procura por câmeras 4K por empresas de vários portes, começando com as grandes cabeças de rede e seguindo até produtoras de porte médio. "Grandes produtores, como Globo e Globosat, já produzem em 4K, e esse conteúdo já está sendo levado ao telespectador pelos VODs", diz. No entanto, são as produtoras e emissoras afiliadas que dão escala, com uma linha de equipamentos mais acessível. "Estamos entregando muitas camcorders PXW-FS5, que têm um preço mais acessível e já vem com uma lente. É um equipamento compacto, ideal para documentários, por exemplo", diz o executivo.

Segundo Fabichak, a estratégia da fabricante agora é apresentar, principalmente, equipamentos mais adequados à realidade nacional, apostando em produtos com custos mais baixos. Na SET Expo 2016, que acontece esta semana em São Paulo, a Sony apresenta soluções de produção de estúdio, jornalismo e cinema, equipamentos de áudio profissional e câmeras compactas. Além de soluções wireless e IP, soluções para produções ao vivo e monitoração de referência, bem como opções para arquivamento de conteúdo.

Um dos destaques deste ano é o lançamento mundial do modelo HXR-NX5R. Essa câmera NXCAM e três sensores CMOS é uma evolução da antiga HXR-NX5 e oferece avanços quanto à qualidade de imagem, as melhoras em comparação com os modelos NX3 e NX5 também incluem um terminal 3G-SDI que suporta saída Full HD 60p. Também integra a luz LED embutida ajustável. A HXR-NX5R oferece novas funções de rede como FTP e transmissões ao vivo, com Wi-Fi integrado, além de gravações de backup simultaneamente através de dois slots para cartões SD. O profissional pode escolher entre o formato de gravação XAVCS a 50 Mbps ou formatos mais estabelecidos como AVCHD/DV para se adaptar a uma variedade de fluxos de trabalho.

A empresa ainda lançou um switcher compacto, o novo MCX-500, de fácil operação com foco em segmentos como igrejas, mercado educacional, corporativo, eventos, casamentos, etc. Este novo switcher conta com nove entradas de vídeo (incluindo 3G-SDI, HDMI e Composto), efeitos de transição (CUT/MIX/WIPE) além de funções avançadas como: gravação de PGM em codec AVCHD, mixer de áudio de cinco canais integrado e capacidade de realizar stream de vídeo ao-vivo para plataforma Ustream. Ideal para ser utilizado com a nova HXR-NX5R e com o novo controle remoto RM-30BP para operações multicâmeras. O MCX-500 estará disponível em janeiro de 2017.

Câmeras de estúdio

A principal novidade nesta categoria é a HXC-FB75, a próxima geração de câmeras HD da Sony que conta com 3 sensores CMOS FULL HD de 2/3 de polegadas e interface de fibra padrão Neutrik em distâncias de até 350 metros. A câmera também permite conexões de longa distância utilizando fibras ópticas monomodo em até 10km.

Além desta, será apresentada a HDC-4300, primeira câmera do mundo a usar três sensores de 2/3 de polegadas 4K. O equipamento já está em algumas grandes emissoras do Brasil. Ela suporta as mesmas lentes B4-mount, bem como os mesmos equipamentos para controle das principais câmeras da série HDC-2000 da Sony.

Wireless

A solução wireless será apresentada com as camcorders PXW-X400, PXW-X320 e PMW-300K1. Nova solução sem fio oferece alta qualidade para produção ao vivo com baixo custo. Esses fluxos de trabalho são baseados em arquivos que suportam os requisitos de produção de notícias através de adaptadores ou kits já instalados nas novas camcorders – podendo retransmitir vídeo e áudio diretamente de locais remotos através de redes 4G/LTE e Wi-Fi.

Um dos novos produtos que fazem parte desse fluxo de trabalho é a estação de rede PWS-100RX1, que é compatível com as câmeras de vídeo Sony XDCAM, atualmente utilizadas por emissoras de todo o mundo, e é muito simples de ligar e configurar. Ele vem com algoritmos Sony que se ajustam automaticamente a largura de banda e tamanhos de buffer para coincidir com as características da transmissão sem fio, além de contar com sistema de QoS proprietário da Sony, tecnologias que ajudam a manter a integridade de vídeo e áudio durante as transmissões.

A PXW-X400 oferece suporte a XAVC e possibilita a criação de conteúdo em HD. Além do XAVC, há também suporte para MPEG HD422, MPEG HD, MPEG IMX e DVCAM. Duas saídas 3G/HD/SD-SDI, HDMI e saída de vídeo composto. A PXW-X400 oferece também suporte a operações sem fio sem o uso de um adaptador opcional.

IP

O NXL-FR318 é uma estrutura montável em rack 3RU capaz de receber até 18 placas opcionais. Com duas fontes de alimentação para permitir redundância, a unidade é ideal para a interconexão de equipamentos SDI com infraestrutura baseada em IP. Placas opcionais permitem sinais 4K/HD/SD comutáveis utilizando cabos de cobre ou cabos de fibras ópticas com o transceptor SFP+ ou conexões 10GBASE-T, com opções de mux e demux de áudio. LEDs de status localizados no painel frontal da unidade permitem monitoramento em tempo real, fornecendo o status de entrada de referência e o status de entrada e saída de tempo de referência.

Arquivo

As unidades de arquivo em disco ótico são projetadas para fornecer ciclo de vida estendido para armazenamento e arquivo de todas as formas de ativos audiovisuais e arquivos de dados por prazo muito longo. Dentre os sistemas da Sony, destaque para os drives com interfaces USB ODS-D55U e ODS-D77U, bem como o modelo com interface em Fibre Channel ODS-D77F e as opções de robóticas gerenciáveis, como os modelos ODS-L10 com capacidade de 10 slots, e o modelo ODS-L30M com capacidade de 30 slots e módulos de expansão com capacidades de 60 e 100 slots. São opções que oferecem um leque completo para diversas necessidades de aplicação e orçamento.

Além desses modelos, a Sony apresenta a segunda geração de Optical Disc Archive System, que adota uma nova mídia ótica de alta capacidade. Esta nova mídia, classificada com uma vida útil de 100 anos, duplica a capacidade de um único cartucho para 3.3 TB. Essa nova geração também introduz também uma unidade óptica de 8 canais, dobrando velocidades de leitura / gravação em relação à geração anterior (2Gbps para Leitura e 1 Gbps para Escrita), permitindo armazenamento de conteúdo 4K em tempo real e atendendo as crescentes necessidades de armazenamento de dados dos usuários. Estão disponíveis dois Drives da nova Geração: ODS-D280U (com interface USB 3.0) e ODS-D280F (com interface de fibra óptica).

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top