MERCADO
30/10/2020, 16:12

Loading estreia em dezembro na TV aberta e na Pay TV e com streaming gratuito

Em dezembro, estreia no mercado nacional o Loading, novo player de conteúdo audiovisual com foco em cultura pop, séries, games, e-sports, animes e demais universos relacionados ao entretenimento jovem. O canal terá programação 24 horas, sete dias por semana, com streaming nas plataformas digitais e transmissão na TV aberta e também na Pay TV, criando múltiplos pontos de contato com seu público-alvo.

Em entrevista exclusiva para TELA VIVA, Thiago Garcia, CEO da Loading e ex-líder de pesquisa da Globo, explica: "Nosso grande desafio é desenvolver e desbravar uma nova maneira de fazer entretenimento audiovisual, onde ainda há muito espaço para a inovação. A Loading não é um canal de televisão, e sim uma plataforma de entertainment media. A TV aberta é apenas uma dessas diversas plataformas". Já na estreia, a Loading estará disponível tanto na TV aberta quanto na Pay TV, com numerações de canais diferentes mas a mesma programação. Segundo o executivo, todas as operadoras de TV por assinatura já fecharam acordo para oferecer a Loading em seus pacotes. "Estaremos na TV aberta, fechada, on demand, streaming e em todas as redes sociais. Os conteúdos serão altamente customizáveis, aproveitando da melhor forma as características de cada plataforma. E teremos todos esses conteúdos gratuitamente", completa.

A Loading é uma startup criada pelo grupo de investimentos detentor da Kalunga e Spiral, liderado por José Roberto Garcia e Paulo Sérgio Garcia, e que adquiriu a estrutura e rede de transmissão da MTV Brasil, em 2014. A sede, bem como os estúdios, está localizada no icônico edifício que abrigou o canal de música e a TV Tupi, no Sumaré, bairro da cidade de São Paulo. A operação conta com um time de experts reconhecidos tanto no universo do entretenimento e comportamento jovem quanto no mercado de tecnologia e de comunicação.

Além das produções autorais, a Loading licenciou e adquiriu séries, animes, Tokusatsu (live-action de heróis japoneses), filmes, hits da TV coreana e conteúdos diversos que vão do K-pop à cultura pop americana, já para a sua estreia. "Estamos muito animados para o lançamento. Uma das forças motoras da criação da Loading foi a carência de conteúdo para o público jovem na TV aberta. Principalmente quando o assunto é e-sports e games, temas que dominamos. Por isso, nascemos para oferecer uma experiência única para os jovens. E talvez uma das nossas responsabilidades nesse momento seja justamente proporcionar entretenimento alternativo para a galera que está mais dentro de casa", reflete Garcia.

O CEO conta que a empresa iniciou sua operação realizando diversas pesquisas e, a partir delas, elegeu os melhores conteúdos, assim como os melhores profissionais, formando um time "extremamente apaixonado por esse universo". Ainda em relação a conteúdo, Garcia pontua: "Neste momento, estamos 100% focados na nossa estreia com a grade que montamos. Mas um dos nossos objetivos é sermos uma plataforma vitrine para o jovem de espírito mostrar seu talento e estamos, sim, abertos a fazer a curadoria de materiais. Queremos ser a casa das comunidades de e-sports, games, animes, tokusatsu, doramas, mangás, cartoons, HQs, séries, cinema e tantas outras coisas que fazem parte do dia a dia do jovem". Em breve, a Loading receberá projetos de produtoras audiovisuais independentes.

Por fim, o Branded Content será um elemento central da Loading. A ideia é que as marcas sejam parte da narrativa dos programas e conteúdos, de forma que espectador tenha percepção de um entretenimento ininterrupto, e que ele também se torne parte ativa da programação. No entanto, as primeiras marcas parceiras ainda não podem ser reveladas.

Comentários

2 Comentários

  1. Avatar Bruno Fonseca disse:

    Pelo jeito será parecida com a playTV

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top