ESTREIA
17/05/2018, 20:10

"Outros Tempos Jovens", coprodução documental entre HBO e Prodigo, estreia no canal Max

A partir da próxima quinta-feira, dia 24 de maio, o canal MAX estreia com exclusividade "Outros Tempos Jovens", série documental resultado da coprodução entre a HBO Latin America e a Prodigo Films, que anteriormente também estiveram juntas no desenvolvimento de "Outros Tempos Velhos". Os episódios inéditos serão exibidos toda quinta-feira, às 23h.

Desta vez, o objetivo é traçar, por meio de personagens reais que têm entre 15 e 29 anos, um panorama atual a respeito de quem são e como se comportam os jovens brasileiros. Ao longo de oito episódios, serão abordados oito diferentes temas. Os títulos são: "Digital Dating", "Primavera Feminina", "Identidade", "Eu Mudo o Mundo", "A Quem Possa Interessar", "Sucesso", "República" e "Cenas de Casamento".

"Os participantes foram escolhidos por meio de uma série de etapas de seleção, que passaram por diversas pré-entrevistas, pesquisas de campo e por uma preocupação em trazer uma diversidade para as telas.", explica a dupla da Prodigo, Beto Gauss e o Giuliano Cedroni – o diretor-geral. "A escolha final foi feita em conjunto com o canal. Contamos também com a ajuda de uma psicóloga, que nos prestou consultoria durante todo o processo de produção, avaliando se aqueles jovens estavam preparados para essa exposição e se provavelmente não se arrependeriam das suas declarações futuramente.", completam.

Cada um desses programas foi dirigido por um profissional diferente. Entre os nomes, estão Laga Villanova, responsável pelo episódio 1, Kiko Ribeiro, diretor do episódio 4, que aborda o anseio dos jovens politizados pela transformação do tão desacreditado sistema político brasileiro, e Alexandre Paschoalini, por trás do episódio mais polêmico da temporada: o de número 5, que questiona o porquê dos jovens estarem cometendo mais suicídios do que nunca e analisa os efeitos que a realidade contemporânea têm exercido sobre as mentes dessa geração. Segundo os produtores da Prodigo, muitas das ideias dos temas vieram dos próprios diretores – ou, quando isso não aconteceu, eles escolheram os assuntos com os quais tinham mais afinidade para trabalhar. Ainda que cada programa tenha contado com um diretor, a produção preocupou-se em manter uma unidade entre os episódios, por isso o restante da equipe – como diretores de fotografia, montadores, diretores-gerais – foi basicamente a mesma em toda a temporada.

"O trabalho foi relativamente rápido, uma vez que foi feito já pensando na televisão. Mas não deixamos de lado preocupações com fotografia, trilha sonora, edição entre outras. Queríamos que cada episódio parecesse um longa-metragem. Por isso dizemos que a série é uma produção de ritmo industrial, mas com qualidade artesanal.", defende Beto Gauss, da Prodigo.

Apesar do gênero documental não ser dominante nas séries mais assistidas na atualidade, Paula Belchior, da HBO Latin America, defende a escolha: "O DNA da HBO sempre foi voltado às séries e, no caso de 'Outros Tempos Jovens', nós acreditamos que o documentário seria a melhor maneira de falar de temas relevantes sem perder o lado do entretenimento.". Outra escolha interessante é comentada por Giuliano Cedroni: "Nós não temos nenhum especialista dando seu parecer teórico sobre os temas abordados. Hoje em dia, já há muito material nesse sentido no audiovisual. Optamos por deixar a palavra somente na boca desses personagens.".

A opção por não interferir nas histórias contadas por esses jovens se prova também ao notarmos o teor dos episódios. "Inicialmente, a gente acreditava que o episódio 1, sobre 'Digital Dating', seria o mais descontraído, engraçado e pra cima. Mas o que esses personagens nos mostraram é uma certa solidão e, muitas vezes, tristeza por essa falta de companhia. Já o episódio de 'Casamento', que a nosso ver, seria o mais 'sério', ficou bem divertido.", conta Cedroni.

"Outros Tempos Jovens" é produzida por Roberto Rios, Paula Belchior e Patricia Carvalho, da HBO Latin America, e Beto Gauss e Francesco Civita, da Prodigo Films. A direção geral é de Caito Ortiz e Giuliano Cedroni, com coordenação de produção de Renata Grynszpan e coordenação de pós-produção de Maria Luiza Tutu Mesquita. Com recursos da Condecine, a série será distribuída com exclusividade pela HBO Latin America.

Comentários

1 Comentário

  1. Allan disse:

    Olha eu ali haha, mandei convite no face Mariana, chama la!

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top