PREMIAÇÃO
15/07/2019, 20:59

"Rio de Lama", de Tadeu Jungle, é premiado na ONU

POR REDAÇÃO

"Rio de Lama", documentário brasileiro sobre o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, Minas Gerais, em 2015, venceu o prêmio de Melhor Filme do "SDGs – Sustainable Development Goals in Action Film Festival" na categoria Realidade Virtual.

Dirigido por Tadeu Jungle, da produtora Junglebee, o curta foi o primeiro filme em VR a ter uma exibição pública no Brasil. No enredo, ele retrata os escombros da vila Bento Rodrigues em contraposição à memória de seus antigos moradores. A ideia é explorar a empatia como ferramenta para trabalhar soluções em cima de um dos maiores desastres ambientais brasileiros, de forma a sensibilizar a sociedade sobre a tragédia.

O Global SDG Awards é coordenado pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, responsável pelas Metas de Desenvolvimento Sustentável (ODS – ou SDGs, na sigla em inglês). A competição envolve curtas-metragens que destacam como as pessoas e as organizações ao redor do mundo estão trabalhando em soluções tangíveis para as maiores ameaças do planeta e, com isso, transformando as 17 metas para sustentabilidade global em realidade.

"Rio de Lama" foi a primeira parceria entre Tadeu Jungle e o Instituto Alana. Depois disso, criou-se a Junglebee, produtora que faz parte do AlanaLab – Núcleo de Negócios de Comunicação de Impacto Alana. O filme pode ser assistido online de forma gratuita.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top