FESTIVAL
03/05/2021, 18:14

11º Cinefantasy anuncia premiados

O ator Silvero Pereira anunciou na noite do último sábado, dia 1º de maio, os premiados do 11º Cinefatasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico, numa cerimônia virtual realizada no canal do YouTube do evento. Os filmes premiados permanecem disponíveis até o dia 9 de maio na plataforma Belas Artes à La Carte.

Os títulos das mostras competitivas concorreram ao Troféu José Mojica Marins, exceto a Mostra Fantastic Black Power, que estreou este ano na programação e prestou uma homenagem ao ator João Acaiabe, falecido recentemente, com o Troféu João Acaiabe.

O filme "Sayo" (foto), de Jeremy Rubier (Canadá), foi eleito o melhor longa de ficção e melhor roteiro, e "A Vingança de Jairo", de Simón Hernández (Colômbia) levou o prêmio de melhor longa de documentário. O prêmio de melhor direção de longa foi para Jenneke Boeijink de "Porcelana" (Holanda), melhor ator foi para Levente Molnár de "Ravina" (Hungria), e prêmio de melhor atriz foi para as atrizes Arlete Dias, Mary Dias e Wall Diaz do filme "Voltei!" (Bahia-Brasil).

Já os curtas "Rong", de Indira Iman (Mulheres Fantásticas); "Primeiro Carnaval", de Alan Medina (Fantástica Diversidade); "Vizinhança", de Lucas Carvalho (Amador); "Resta Um", de Sebastian Doringer (Curta Animação); "Mãtãnãg – A Encantada", de Shawara Maxakali e Charles Bicalho (Brasil Fantástico); "Continua Aí?", de Mónica Zamora (Espanha Fantástica); "Uma Breve História Do Ser Humano", de Lucas Calegari Bastos (Estudante); "Todo Poderoso", de Christopher Tenzis (Fantasia); "Cuco", de Jörgen Scholtens (FantasTeen); "O Homem Da Reciclagem", de Carlo Ballauri (Ficção Científica); "O Matar De Uma Criança", de Kim Kokosky Deforchaux (Horror); "Latitude De Primavera" de Sylvain Cuvillier, Chloé Bourdic, Théophile Coursimault, Noémie Halberstam, Ma?lis Mosny e Zijing Ye (Pequenos Fantásticos) também levaram o Troféu José Mojica Marins. O Troféu João Acaiabe, da nova mostra Fantastic Black Power, foi para o curta "República", de Grace Passô.

O longa "Rosa Tirana", de Rogério Sagui, e o curta "Rasga Mortalha", de Thiago Martins de Melo, receberam o Prêmio Tanu Distribuicion, distribuição dos filmes por um ano em festivais da América Latina, e irão representar o Brasil no disputado Prêmio FANTLATAM, premiação internacional da Alianza Latinoamericana de Festivales de Cine Fantástico. O curta "Vizinhança", de Lucas Carvalho (mostra Amador), e "Uma Breve História Do Ser Humano", de Lucas Calegari Bastos (mostra Estudante), levaram o Prêmio AIC, e o "Rasga Mortalha" de Thiago Martins de Melo, o Prêmio CTAV com  Kit Black Magic  e lentes por até 15 dias.

A 11ª edição do Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico, que foi realizada até o dia 2 de maio de forma digital na plataforma Belas Artes à La Carte e nas redes sociais do festival contou com mais de 150 filmes nacionais e internacionais, entre longas e curtas, e prestou uma homenagem ao diretor Neville D'Almeida, ícone do cinema nacional. O festival contou com diversas atividades paralelas gratuitas, encontros, debates e workshops com nomes como Rodrigo Teixeira (RT Features), Mariana Jaspe, Jefferson De, a escritora Robin R. Means Coleman (Horror Noire) e o cineasta argentino Hernán Moyano, entre outros. Já a exposição online Xirê Dos Orixás, de Jan Brapa, segue até o dia 1º de setembro. 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top