CINEMA
11/09/2020, 16:38

Programa Especial de Apoio ao Pequeno Exibidor beneficiou 577 salas de cinema em todo o Brasil

A Ancine divulgou na última quinta-feira, dia 10 de setembro, o resultado final do Programa Especial de Apoio ao Pequeno Exibidor -PEAPE, que destinou um total de R$8,5 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para o segmento. O apoio não-reembolsável foi criado com o objetivo de preservar empregos, atender às pequenas empresas locais e manter o parque exibidor brasileiro.

O programa beneficiou 577 salas de exibição de 260 complexos, localizados em todas as regiões do país, e 185 empresas dividiram os recursos. Com este apoio, ao menos 8 mil empregos diretos foram preservados e as salas de cinema poderão seguir com suas atividades. Foram beneficiados 123 complexos na Região Sudeste, 65 na Região Sul, 39 na Região Nordeste, 18 na Região Centro Oeste, e 15 na Região Norte.

"Ficamos satisfeitos porque alcançamos o objetivo de descentralizar os recursos disponibilizados por todas as regiões e tocamos o Programa com a celeridade que o momento exigia. O foco da Ancine sempre foi na preservação dos empregos e na sobrevivência das empresas do setor", afirmou em nota o diretor-presidente substituto da Agência, Alex Braga.

Desenvolvido na modalidade de apoio financeiro não-reembolsável, o PEAPE destina-se a empresas brasileiras que pertençam a grupos de exibidores com até 30 salas de cinema. A Chamada Pública foi direcionada a empresas, registradas na Ancine, que estiveram em funcionamento, integral ou parcialmente, durante o período de 1º de janeiro de 2019 a 29 de fevereiro de 2020.

Os recursos disponibilizados poderão ser utilizados em folha de pagamento de funcionários, serviços terceirizados, fornecedores de equipamentos e despesas correntes relativas ao funcionamento das salas de cinema, como custos de aluguel de equipamento e imóvel, contas de luz, de água e de telecomunicações, além de serviços de limpeza, higienização e de dedetização.

Comentários

2 Comentários

  1. Avatar Gustavo Gindre disse:

    R$ 8.500.000 ÷ 577 = R$ 14.732 em média por sala.

    O valor médio do ingresso está na casa dos R$ 16. Então, a ajuda foi equivalente, em média, a 921 ingressos por sala.

    Essa ajuda evitou a demissão de 8 mil pessoas? Então, cada emprego salvo custou, em média, R$ 1.062?

  2. Os valores a receber, que ainda tem um longo caminho a percorrer até bater no caixa, são frustrantes, mais de 60% menores do que os tetos por complexo anunciados pelo PEAPE – Programa Emergencial de Apoio aos Pequenos Exibidores. Deveriam suplementar a linha para chegar aos tetos anunciados.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top