PREMIAÇÃO
16/07/2019, 19:09

"O Beijo no Asfalto" e "Aurora 1964" são premiados no Agenda Brasil, em Milão

POR REDAÇÃO

A cerimônia de premiação do Agenda Brasil, evento sobre cinema brasileiro contemporâneo na Itália, aconteceu na noite do último domingo, 14, no Museu Interativo do Cinema, o MIC, em Milão, após uma semana de exibições, entre 8 e 14 de julho.

"O Beijo no Asfalto", que marca a estreia do ator Murilo Benício na direção de longas-metragens, faturou dois prêmios, sendo reconhecido como melhor ficção tanto pelo júri especializado quanto pelo público, dividindo o posto da escolha popular com "Alguma Coisa Assim", de Esmir Filho e Mariana Bastos. Como documentário, o voto do público foi para "Tente Entender o que Tento Dizer", de Emília Silveira, enquanto os jurados elegeram "Aurora 1964", de Diego di Niglio.

O júri também dedicou menções honrosas ao filme "Tungstênio", de Heitor Dhalia, pela direção e fotografia; à atriz Samira Carvalho Bento, pelo papel de Keila na mesma produção; ao ator Thales Cabral, que interpretou Vinicius em "Yonlu", de Hique Montanari; e ao documentário "Celementina", de Ana Rieper.

Organizado pela Associação Vagaluna e produzido pela Christoffel Promoções e Produções, em colaboração com a Fundação Cineteca Italiana, o Agenda Brasil é realizado com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual, da Ancine, e com o patrocínio do Consulado-Geral do Brasil em Milão, além do apoio institucional da Embaixada do Brasil em Roma. Em 2019, a Associação Vagalune organiza o festival também em Roma, de 5 a 8 de setembro, e em Turim, de 4 a 6 de outubro.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top