PRODUÇÃO AUDIOVISUAL
22/05/2020, 21:22

Juan José Campanella e Pedro Almodóvar trabalham em projetos audiovisuais com a ViacomCBS

Nesta sexta-feira, 22 de maio, executivos da ViacomCBS International Studios se reuniram em uma edição virtual do "In Conversation With", painel no qual eles conversam sobre o atual momento da indústria e novos projetos. TELA VIVA foi o único veículo brasileiro a acompanhar o encontro.

Durante o bate-papo, que foi mediado pela atriz Valeria Vera (que faz a Natalia Romero da série "R", original do Paramount Network), Pierluigi Gazzolo, presidente de OTT e Studio da ViacomCBS Networks International, revelou que, nos últimos meses, o grupo já lançou mais de 25 produções, o que corresponde a mais de 1500 horas produzidas – entre elas, "R", "Atrapa a un ladrón", "Los Internacionales", "El Asesino del Olvido", "Ana", "Pequeña Vitoria" e a brasileira "Homens?", cuja segunda temporada estreou no Comedy Central em abril deste ano. Segundo Gazzolo, atualmente existem 45 projetos que eles esperam produzir nos próximos meses – a depender dos desdobramentos da pandemia do novo coronavírus.

Já Laura Abril, SVP da ViacomCBS EMEAA (Europe, Middle East, Africa & Asia), apresentou os projetos futuros mais relevantes da região. Ela destaca o "La Novia Gitana", adaptação do livro homônimo de Carmen Mola, e diz que a equipe está ansiosa para anunciar quem será o showrunner da série; uma produção audiovisual sobre a história de vida do espanhol Poli Díaz, ex-boxeador profissional; e uma série que combina drama e comédia produzida em parceria com o Zeta Studios – ainda sem nome definido, a trama parte de um grupo de pessoas que perderam entes queridos e se reúnem para contar suas histórias. O showrunner é Adolfo Valor, de "Formatura Fantasma"(2012), "The Refugees" (2015) e "Cuerpo de Élite" (2016). Abril comentou ainda sobre o "Balcony Stories" – do qual ela diz sentir bastante orgulho – iniciativa especial do grupo para o período de quarentena lançada em 27 idiomas, em diferentes canais, como MTV, Paramount Network e Comedy Central. A ação consiste em vídeos enviados pelo público com suas "histórias de varanda", isto é, seus hábitos dentro de casa durante o isolamento social, como novos hobbies, atividades artísticas e momentos em família.

Federico Cuervo, SVP & Head of VIS Americas, por sua vez, falou sobre os projetos na região ressaltando as estreias recentes, como "R" e a segunda temporada de "Homens?". Entre as novidades, ele destaca a segunda temporada de "Club57", série feita em parceria com o MediaPro Studios e que é exibida pela Nickelodeon LATAM; e uma adaptação de "Dani Who?", ficção-científica mexicana que estreou no Paramount Channel em novembro de 2019 e está disponível também no Amazon Prime Video, para o mercado estadunidense – tanto como série quanto em podcast. O projeto é tocado pela Nickelodeon dos Estados Unidos. Cuervo revelou ainda que a Viacom trabalha em parceria com a El Deseo, produtora de Pedro Almodóvar, em uma série chamada "Mentira Passageira" – segundo o executivo, trata-se de uma história "atual, forte, com personagem feminina à frente" e que é "prioridade do estúdio na América no momento". Por fim, o representante do Grupo nas Américas disse ainda que o público pode esperar outros tipos de conteúdo para além de ficção, como realities, factuais e entretenimento.

Juan José Campanella, diretor de cinema argentino vencedor do Oscar e ganhador de dois prêmios Emmy, fez uma participação na live para contar sobre seus projetos em parceria com a Viacom que, segundo Campanella, ele espera poder desenvolver o mais cedo possível. Sobre "Los Enviados", o diretor diz: "É uma temática que eu nunca vi antes, uma abordagem muito nova. No enredo, dois sacerdotes, que são também cientistas, trabalham para o Vaticano investigando milagres para ver se, efetivamente, foram milagres ou não. Na maioria das vezes, não. Nessa jornada, eles entram em terrenos perigosos – policial, místico, de fantasia… Estou muito entusiasmado". Outro projeto é o "Outlaw", um reboot de "Zorro". "É um clássico, Zorro é um herói pra mim. O que poucas pessoas sabem é que o personagem é baseado em uma pessoa real. Então vamos contar essa história", adianta Campanella.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top