AUDIÊNCIA
25/06/2020, 16:29

GloboNews lidera ranking da TV paga pelos últimos 100 dias

Desde o dia 15 de março, a GloboNews passou a acompanhar de perto o avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil e a crise política em Brasília e os principais desdobramentos de operações do Ministério Público e da Polícia Federal. Nos últimos 100 dias, o canal dedicou ainda mais espaço ao jornalismo ao vivo, com mais de 20 horas de cobertura diária a esses assuntos.

O trabalho fez com que a emissora liderasse o ranking da TV por assinatura no período, com um desempenho 7% acima do segundo colocado. Desde o primeiro dia, mais de 24 milhões de telespectadores passaram pelo canal.

No período analisado, alguns acontecimentos foram destaques e fizeram com que a GloboNews batesse recordes de audiência. No dia 24 de abril, Sérgio Moro anunciou sua saída do Ministério da Justiça e denunciou interferência política na Polícia Federal. Na ocasião, o canal conquistou sua melhor sexta-feira da história. Outros momentos marcantes, como a saída do ex-ministro Nelson Teich, em 15 de abril, levaram a GloboNews a superar até mesmo Band e SBT em audiência no segmento de público AB1. O mesmo aconteceu em 22 de maio, dia em que o canal cobriu a quebra do sigilo da gravação da reunião ministerial. Já na última quinta-feira, dia 18 de junho, a GloboNews quebrou mais um recorde com a cobertura da prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Neste dia, o canal conquistou sua melhor quinta desde maio de 2017, quando noticiou o vazamento do áudio de Joesley Batista, dono da JBS.

A ampliação do noticiário ao vivo fez crescer a audiência de todos os telejornais que tiveram suas durações estendidas. Os destaques foram o "Edição das 16h", apresentado por Christiane Pelajo, e o "Edição das 18h", comandado por César Tralli, que mais que dobraram sua audiência, com crescimento de 117%, e 115%, respectivamente. No período da manhã, o "Em Ponto" e o "Edição das 10h" cresceram 55% e 85%, respectivamente. Por fim, o "Estúdio I" (+69%), "Em Pauta" (+42) e "Jornal das Dez" (+32%) também tiveram aumento significativo na comparação entre os períodos de antes e depois do início do isolamento social no Brasil.

O sinal da GloboNews continua aberto nas próximas semanas, mantendo o serviço prestado à população. O canal está disponível nas plataformas online da TV por assinatura, no Globosat Play e no G1.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top