CINEMA
13/05/2019, 20:05

Rafael Gomes estreia na direção de longas com "45 Dias Sem Você"

POR MARIANA TOLEDO

Nesta quinta-feira, dia 16 de maio, o filme "45 Dias Sem Você" estreia simultaneamente nos cinemas e nas plataformas digitais iTunes, Google Play, Vivo Play, Now e Looke. Dirigido por Rafael Gomes, em sua primeira experiência com longa-metragem, a obra conta com a coprodução dos mesmos produtores de "Hoje eu quero voltar sozinho", Diana Almeida e Daniel Ribeiro.

O título inaugura uma trilogia cinematográfica do diretor, que tem as três produções já filmadas. "Os filmes não foram pensados como trilogia, mas se encaixam como tal. Eu diria que é uma trilogia informal, porque eles se agrupam dentro da temática, que é o amor na juventude, e todos têm a música como elemento importante. Além disso, há atores que estão nas duas ou até nas três obras, o que também as conecta de alguma maneira.", definiu Rafael em coletiva de imprensa realizada em São Paulo na última sexta, 10/05. Além de "45 Dias Sem Você", os outros longas são "Música Para Cortar os Pulsos", adaptação de uma peça de teatro também dirigida por Gomes, e "Meu Álbum de Amores", que conta com trilha sonora de Arnaldo Antunes. As estreias estão previstas para o segundo semestre de 2019 e o primeiro de 2020, respectivamente. Rafael estreia nos cinemas com uma longa bagagem de teatro e televisão – ele é criador de séries de sucesso como "Tudo que é Sólido Pode Derreter", da TV Cultura, e ainda "3 Teresas" e "Vizinhos", ambas para o GNT. No teatro, assinou a remontagem de "Um Bonde Chamado Desejo", de Tennessee Williams, e de "Gota d'Água", de Chico Buarque e Paulo Pontes.

"45 Dias Sem Você" é, segundo o diretor, uma "ficção com personagens documentais". Isto porque a trama é inspirada em sua própria história de vida e traz uma série de elementos reais – os atores protagonistas, por exemplo, continuam com seus próprios nomes na trama. É o caso de Ícaro Silva, Rafael de Bona, Mayara Constantino, Fábio Lucindo e Julia Correa. Algumas cenas, como as que se passam em Londres, Buenos Aires e Coimbra, foram filmadas nas casas dos atores, que viviam nesses locais na época. "As circunstâncias e contextos que aparecem no filme são reais – as histórias não exatamente, mas bastante inspiradas na vida real também. A minha vontade de fazer um filme veio justamente daí, das coisas que eu mesmo vivi.", conta Rafael.

Financiado com recursos próprios, o longa contou com uma equipe técnica extremamente reduzida – três pessoas se revezavam nas funções principais. Além disso, há cenas filmadas com iPhone – é o caso de todas as cenas "de transição", filmadas em aeroportos e estações de trem. O filme leva ainda a assinatura da Substância Filmes & Outras Misturas na produção; Lacuna Filmes na coprodução; O2 Play na distribuição nos cinemas e nas plataformas digitais; Loud na trilha sonora, com a maestrina Janecy Nascimento.

O longa, filmado na Inglaterra, França, Portugal, Argentina e Brasil, conta a história de Rafael, que espera 45 dias por um amor que não retorna. Para curar seu coração partido, decide exilar?se de si mesmo e parte rumo a três diferentes destinos. Em três capítulos, vemos o protagonista conviver com amigos que, por motivos diversos, abandonaram o mundo em que viviam: Júlia na Inglaterra, Fábio em Portugal e Mayara na Argentina. "45 dias sem você" foi selecionado para os festivais Cinema Diverse: The Palm Springs LGBTQ Film Festival 2018; OUTShine Film Festival 2018; San Antonio QFest – LGBT International Film Festival 2018 e Mostra Competitiva de Longas-Metragens do Festival Mix Brasil 2018.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top