PRODUÇÃO
16/05/2019, 21:12

São Paulo Film Commission completa três anos

POR REDAÇÃO

Neste mês de maio, a São Paulo Film Commission completa três anos de operação. De lá pra cá, foram rodadas 2,8 mil obras audiovisuais na cidade, gerando mais de 65 mil postos de trabalho e uma movimentação financeira de cerca de R$1,3 bilhão.

A organização informa ainda que, por ano, a capital paulista recebe cerca de mil produções – entre filmes, séries e publicidades – em mais de três mil diárias de filmagens. Entre os formatos, a publicidade é a principal, com 1384 obras. Depois vem os curtas-metragens, com 359; programas de TV, com 190; documentários, com 161; séries, com 141; e longas-metragens, com 102. Já entre as locações que mais receberam filmagens estão o Parque Ibirapuera, com 151 obras filmadas; a Avenida Brigadeiro Faria Lima, com 90; o Viaduto do Chá, com 89; a Praça Roosevelt, com 83; e a Avenida Paulista, com 67. A procura por São Paulo como cenário de locações de obras audiovisuais é intensa – hoje, dentro do continente, a cidade já é a segunda maior film commission do país, atrás apenas da Cidade do México.

Para comemorar o aniversário, a São Paulo Film Commission promove o lançamento de uma campanha que tem como objetivo retratar as potencialidades audiovisuais, econômicas, turísticas e culturais da cidade, além de sintetizar os dados contabilizados pela área da Spcine. O vídeo está sendo exibido em Cannes, no estande que a Spcine divide com a Cinema do Brasil no Festival. No evento, a diretora-presidente Laís Bodanzky vai se reunir com organismos internacionais para divulgar a metrópole paulista como pólo audiovisual para o mundo.

A São Paulo Film Commission é ainda a única no país a disponibilizar um catálogo de locações públicas em um aplicativo. O "Filme SP" pode ser baixado na App Store ou na Google Play e apresenta aos produtores informações e imagens de mais de 400 espaços que podem ser usados como cenário. A ferramenta possui ainda link direto para o sistema de solicitação de filmagens. Além disso, desde o início da operação, a São Paulo Film Commission oferece ao realizador prazo de resposta e tabela de descontos, duas funcionalidades inéditas em film commissions brasileiras.

Comentários

1 Comentário

  1. Avatar Carlos Augusto Calil disse:

    Não é verdade que a SP Film Commission existe há apenas 3 anos. Ela foi criada em 2007 pelo decreto 48.408/2007 da Prefeitura de São Paulo com o nome ECINE- Escritório de Cinema de São Paulo. Na época o título SP Film Commission era de propriedade particular. O Ecine viabilizou inúmeras produções na cidade, entre elas, a filmagem de "Ensaio sobre a cegueira", dirigido por Fernando Meirelles. Seu diretor era Eder Mazzini.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top