CARREIRAS
11/09/2020, 21:50

BrLab anuncia projetos selecionados para participar de sua 10ª edição

O BrLab, único laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais no Brasil que recebe projetos de toda América Latina e Península Ibérica, divulga os projetos selecionados para a sua décima edição. O evento será realizado de 5 a 27 de novembro e promoverá, ainda, diversas atividades online gratuitas e abertas ao público.

Este ano, o BrLab recebeu 591 inscrições, sendo 386 brasileiras e 205 estrangeiras, e selecionou 12 projetos. Deste total, seis são brasileiros (Bahia, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco, e São Paulo) e seis representam os países Colômbia, Cuba, Equador, México, Peru, Paraguai e Uruguai.

Integram a seleção futuros filmes de cineastas premiados e novos talentos audiovisuais da região, como o cineasta paraguaio Pablo Lamar, que participa com seu novo longa "Remanso"; a diretora e atriz brasileira Grace Passô com seu primeiro longa como diretora baseado em uma peça de sua autoria, "Amores Surdos 1500"; e a premiada curta-metragista colombiana Juanita Onzaga que participa com o projeto de longa "Las tierras que te buscan". Também complementam o time de diretoras a peruana Melina León com seu segundo longa,"San Blas"; a equatoriana Ana Cristina Barragán com seu terceiro longa-metragem, "La Hiedra"; e as brasileiras Everlane Moraes com "O Segredo de Sikán"; Rafaela Camelo com "Sangue do meu Sangue" e Janaína Marques com "Amores Paraguayos".

Outros quatro diretores estreantes no longa-metragem, mas com trajetórias consolidadas como curta-metragistas e/ou assistentes de direção, complementam a seleção deste ano: os brasileiros Diego Paulino, com "Experiências Incômodas em Dias Nublados", e Maick Hannder, com "Perto da Meia Noite"; o cubano Damián Sans Edwards com "Los Caídos" e o uruguaio Sergio de León com seu primeiro longa de ficção, "Siempre Vuelven". A comissão de avaliação e seleção foi formada por 22 profissionais de áreas como curadoria, programação, distribuição, roteiro, produção e direção, entre outras, do Brasil e também de países como Cuba, França e Chile.

Os escolhidos para a 10ª do BrLab participam de consultorias com a cineasta Mariana Rondón, diretora do premiado filme "Pelo Malo"; a cineasta argentina Albertina Carri, diretora do premiado "La Rabia"; a consultora de direção mexicana Paula Astorga; a roteirista brasileira Iana Paro Cossoy; a roteirista cubana Xenia Rivery; os premiados produtores Agustina Llambi-Campbell (Argentina) e Giancarlo Nasi (Chile), além de diversos outros palestrantes e convidados que compõem a programação de conteúdos e atividades.

Além de passarem por consultorias de roteiro, direção, produção e distribuição com renomados profissionais, ao final do evento os participantes do laboratório participam de rodadas de negócios e concorrem, ainda, a diversos prêmios oferecidos por empresas e instituições parceiras. Pela primeira vez, a distribuidora Vitrine Filmes entregará o Prêmio Vitrine Filmes – Programa Novos Clássicos do Cinema Brasileiro, que consiste no investimento de R$400.000 como Start Money em um projeto brasileiro ou estrangeiro coproduzido com o Brasil. Também são oferecidos o Prêmio Desenvolvimento Globo Filmes no valor de R$110.000 e o Prêmio Desenvolvimento Vitrine Filmes, também no valor de R$110.000. A distribuidora Vitrine Filmes – parceira do BrLab desde a primeira edição – entrega ainda um terceiro prêmio, este destinado a projetos estrangeiros, o Prêmio Aquisição Vitrine Filmes, que consiste no compromisso de distribuição futura de um projeto estrangeiro em território brasileiro.

O Projeto Paradiso, que também patrocina parte das atividades do BrLab, oferece o Prêmio Incubadora Paradiso no valor de R$30.000 para um(a) do(a)s roteiristas de projetos brasileiros. Os eventos internacionais PopUp Residency, Torino FIlm Lab e Cinéma en Développement de Toulouse selecionam dentre os participantes do BrLab alguns projetos para participarem de suas concorridas atividades, e empresas como Cesnik, Quintino & Salinas Advogados e C/as4atro oferecem horas de assessoria jurídica e assessoria em produção executiva, respectivamente. O Coletivo DAFB – Coletivo de Mulheres e Pessoas Transgênero do Departamento de Fotografia do Cinema Brasileiro – também oferece um prêmio de consultoria em cinematografia para um projeto.

O BrLab é uma atividade desenvolvida pela Klaxon Cultura Audiovisual, com patrocínio do Projeto Paradiso e do Programa Ibermedia, apoio da Prefeitura de São Paulo, Vitrine Filmes e Globo Filmes e também da Cesnik Quintino & Salinas Advogados, Coletivo DAFB, Brazilian Content, API, BRAVI, APRO, ABRA, Diáspora Conecta, 3Puertos Cine, Locarno International Film Festival, Torino Film Lab, Festival Rencontres Cinémas d'Amérique Latine de Toulouse (Cinéma en Développement), PopUP Residency, European Audiovisual Entrepreneurs e Embaixada da França no Brasil, entre outros. Em 2020, o BrLab comemora dez anos como a única plataforma no Brasil que recebe projetos de diferentes países e incentiva o aprimoramento e a capacitação profissional, ao mesmo tempo que estimula o desenvolvimento e a criação de projetos audiovisuais para os mercados brasileiro e internacional.

A lista completa dos projetos selecionados e mais informações sobre o evento deste ano estão disponíveis no site do BrLab.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top