EXPOCINE 2021
17/11/2021, 17:32

Em 2022, Spcine terá nova plataforma de streaming e ampliará investimento em eventos do setor

Lyara Oliveira, diretora de inovação e políticas do audiovisual da Spcine, ministrou uma palestra nesta quarta-feira, dia 17 de novembro, na Expocine, na qual falou sobre as ações que a empresa planeja para a retomada do audiovisual no município de São Paulo. 

A primeira novidade diz respeito a articulações para uma nova plataforma de streaming – a empresa já é responsável pela a Spcine Play, que foi a primeira plataforma de streaming pública lançada no Brasil. "Em 2022, como parte dos nossos processos de ações para a retomada do audiovisual, está a entrega de uma nova plataforma de streaming, que também vai ao encontro da nossa proposta de fomento ao setor audiovisual paulistano por meio de editais que vão propor conteúdos para a nossa plataforma", explicou Oliveira. 

Outra iniciativa que está inserida no pacote de ações para a retomada é o lançamento de um novo edital para agentes cineclubistas. "Faremos um novo chamamento para jovens. Os selecionados vão receber uma formação sobre curadoria, linguagem e história do audiovisual, entre outros temas. E aí, eles repassam isso para o público, realizando ações do cineclube em seus territórios. É uma formação de um ano e que tem um impacto social enorme para a cidade", pontuou a diretora. 

A atuação da Spcine em eventos e festivais representa um braço relevante da empresa, para além da sua área de difusão. Só em 2021, foram 30 eventos patrocinados. Nesse sentido, a novidade é que entre o fim deste ano e o começo do próximo será lançada uma portaria para uma submissão de projetos que queiram buscar o patrocínio da Spcine. Oliveira adiantou: "Entendemos que 2022 será um ano de voltar a ocupar os espaços físicos e promover encontros entre os agentes do mercado. Acreditamos que a circulação será grande e intensa e estamos prevendo um investimento maior. Estamos no processo de discussão e aprovação do orçamento para o próximo ano, mas já compreendendo que será um ano de acontecimentos". 

Já em relação à São Paulo Film Comission, que é o braço da Spcine responsável pela gestão das filmagens nos espaços que são geridos pelo município de São Paulo, o momento é marcado por um boom de solicitações. "Muitas produções ficaram represadas durante o período da pandemia e estão sendo realizadas agora. Isso nos mostra que estamos num processo real de retomada, não é algo que fica somente na teoria. Temos que estar prontos para essa retomada. A tendência é de aumento na quantidade de filmagens", aposta. 

A diretora também comentou sobre o Observatório, a área da empresa responsável pela coleta de dados. Em breve, a Spcine lançará uma nova página na internet com muitas pesquisas que estão sendo consolidadas agora. Segundo Oliveira, o lançamento será no início do ano que vem, com acesso livre a todos os interessados. Hoje, já há alguns estudos disponíveis, mas a ideia é investir bem mais nesse quesito. 

Outro ponto de destaque entre os planos futuros passa pelos editais – já a partir deste mês, serão lançados alguns. Ao todo, serão seis novos editais, divulgados em sequência entre novembro de 2021 e todo o primeiro semestre de 2022, e contemplando diferentes áreas do audiovisual. Os primeiros da lista são para produção via distribuidora, produção de games e ações de formação. 

Por fim, é também do interesse da Spcine dar continuidade ao Cash Rebate, política de atração de filmagens que visa um retorno financeiro proporcional ao investimento que a produção comprove que fará na cidade. Recentemente, foi lançado um edital de Cash Rebate que teve alta procura – no momento, ele se encontra em processo de habilitação. Os resultados serão divulgados em breve. E, de acordo com Oliveira, a empresa está prospectando um novo edital de Cash Rebate para 2022. 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top